Problemas emocionais atrapalham o emagrecimento?

Problemas emocionais atrapalham o emagrecimento?

01/08/2021 às 09:52:13

Você sente que quando há algo novo em sua vida, uma tarefa a ser feita, a perspectiva de um projeto, ansiedade, stress e insegurança, isso te faz descontar na comida?

❕Nossas emoções tem o poder de influenciar diretamente e indiretamente no processo de emagrecimento ou obesidade.

A obesidade não é apenas uma doença física. A maioria das pessoas que estão acima do peso não comem por uma questão fisiológica, mas pela sensação de prazer, usando a comida como uma válvula de escape, e aí mora o perigo. Se não controlado, esse problema pode evoluir para a compulsão alimentar.

A ansiedade também desempenha um grande fator nesse caso, fazendo com que a pessoa coma depressa. Isso permite que a pessoa consiga ingerir grandes quantidades de alimentos até que os níveis de leptina (hormônio da saciedade) aumentem e comuniquem ao cérebro a necessidade de interromper a alimentação. Outro problema é que a obesidade a longo prazo vai aumentando a resistência à leptina, de forma que, mesmo níveis aumentados desse hormônio não conseguem fazer o indivíduo “parar” a refeição.

Já o stress eleva o cortisol na corrente sanguínea favorecendo o aumento dos níveis de açúcar na circulação, elevando o aumento da gordura abdominal.

E no caso da depressão, acontece uma mudança em todo o organismo, o que pode gerar uma compulsão por comida, levando ao ganho de peso, além do desânimo com qualquer dieta e prática de atividade física.

Caso você esteja seguindo sua agenda de atividades e se esforçando na alimentação, mas sente dificuldades para diminuir o peso é hora de buscar ajuda profissional nesse sentido!

Alterações hormonais também podem te atrapalhar a perder peso. Esse é o seu caso? Comenta aqui a baixo 

Agende uma consulta, link na bio!

Paulo Ricardo Zampiva Lima
CRM DF 21.985